Sexta Sessão é estendida e Mesa propõe reformas

Após Alemanha, Itália e Petroburgo aprovarem a proposta de extensão da atual Sexta Sessão da Assembleia-Geral, o Presidente da Mesa, Guilherme da Alemanha, propôs novo Regulamento que altera a Carta da Liga das Micronações, e também o Regulamento que trata da eleição da Mesa e do Secretariado.

De acordo com a nova proposta, o mandato do Secretário-Geral seria estendido de dois para três meses, e o do Presidente da Mesa seria reduzido de dois para um mês, passando a ser exercido no sistema de rodízio entre os Membros Plenos da organização. A explicação dada por Sua Majestade alemã é de que esse sistema traria maior dinamismo à liderança da Liga, e demandaria a realização de eleições em menor frequência.

Além disso, o regulamento proposto também estabelece o requisito de 12 meses de fundação para que um Estado ingresse à Liga na categoria de Membro Associado – sem direito a voto. Para a progressão à categoria de Membro Pleno – com direito a voto – seriam exigidos 18 meses de fundação, além de uso do idioma português de forma oficial e atuação persistente na esfera micronacional lusófona.

O projeto será votado nos dias 30 e 31 de janeiro.